• Aderbal Machado

Há 110 dias Santa Catarina não registra pacientes aguardando por leito de UTI Covid


De acordo com dados oficiais da Secretaria da Saúde, Santa Catarina não registra nenhum paciente com Covid-19 aguardando transferência para leito de unidade de terapia intensiva há mais de três meses. A última vez que houve fila de espera foi no dia 3 de agosto de 2021, 110 dias atrás.


Para o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, o número demonstra o esforço que o governo Carlos Moisés vem tendo no enfrentamento à pandemia, com a ampliação de investimentos, abertura de leitos e o cumprimento do calendário vacinal.


"Todos nós entendemos que a porta de saída desta pandemia é a vacina. Quanto mais vacinarmos, menos casos graves teremos, menos óbitos e menos internações. Nós estamos hoje avançando na vacinação e colhendo os frutos como sociedade, como povo catarinense", destacou Motta Ribeiro.


Desde que a Superintendência de Serviços Especializados e Regulação da Secretaria da Saúde começou a divulgar os dados, no dia 20 de março, é o período mais longo que a fila está zerada para transferências nas regionais.


Nesta semana, de acordo com último registro no site, existem 237 pacientes com Covid-19 registrados em UTI, dos 1.576 leitos ativos. Há 527 leitos disponíveis em Santa Catarina.


Os casos registrados

Santa Catarina tem 1.228.723 casos confirmados de Covid-19, sendo que 1.204.531 estão recuperados e 4.272 continuam em acompanhamento. O balanço foi divulgado nesta segunda-feira, 22. Desde o início da pandemia, 19.920 mortes foram causadas pelo coronavírus. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,62%.


São 321 casos ativos a menos que no último boletim, e há 12 novos óbitos. O total de confirmados cresceu 193, enquanto 502 pessoas passaram a se enquadrar nos critérios para serem consideradas recuperadas.


Estima-se que haja 64 municípios com o número de casos ativos zerado. Considerando dados proporcionais à população, a regional com a maior quantidade de casos ativos atualmente é o Extremo-Sul (100 para cada 100 mil habitantes). Na sequência, aparecem Serra (94) e Xanxerê (92). As que menos têm são Alto Uruguai Catarinense (19), Meio-Oeste (27) e Planalto Norte (29).


Dos 1.272 leitos de UTI Adulto existentes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina, há 789 ocupados, sendo 231 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus. A ocupação é de 62%.



LogomarcaMin2cm.jpg