• Aderbal Machado

Presos no Paraná suspeitos de homicídio em Porto Belo no dia 16 de abril


Uma operação conjunta da Polícia Civil de Santa Catarina e da Polícia Civil do Paraná resultou na prisão dos suspeitos de serem os autores de um homicídio em Porto Belo. Eles foram presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva. Os homens têm 20 anos e 40 anos.


O crime aconteceu no dia 16 de abril. Os suspeitos perseguiram o carro da vítima desde a sua residência por diversas ruas de Porto Belo, disparando tiros no pátio de um posto de combustíveis em meio a diversos populares que ali se encontravam.


Acesse o vídeo, copiando o endereço adiante:


https://static.ndmais.com.br/2021/04/FQ-ATIRA-MOTORA.mp4?_=2


No mesmo dia do crime, após investigações e representação pela expedição de mandado de busca e apreensão na residência da vítima, foi apreendido em poder de um familiar da vítima uma pistola .380 municiada, duas máquinas de contar dinheiro, bolsas e mala com reais e dólares, totalizando a quantia de R$ 4.130.000,00.


Durante as investigações, a Polícia Civil concluiu que a vítima estava envolvida com o tráfico de drogas e que um dos autores do homicídio, de 20 anos, trabalhava para ela, sendo que em dezembro de 2020 planejou e executou um roubo, levando mais de um milhão de reais da vítima, ocasião em que um dos assaltantes, de 40 anos, também participou do crime.


Um dos suspeitos foi preso escondido em uma casa na cidade de Maringá (PR), e na madrugada desta quarta-feira (26) o segundo envolvido foi localizado e preso em São José dos Pinhais (PR). Nas buscas feitas na casa foram apreendidos uma pistola calibre .380, com dois carregadores, um revólver calibre .38, diversas munições e duas placas de colete balístico. Com a conclusão do inquérito, os suspeitos serão interrogados e a pistola apreendida encaminhada à perícia.


A ação policial teve a participação de policiais da DIC – Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú e policiais das Delegacias de Polícia de Itapema, Porto Belo e Bombinhas e no Paraná apoio da equipe do TIGRE – Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial da Polícia Civil do Paraná e Polícia Rodoviária Federal de São José dos Pinhais.

LogomarcaMin2cm.jpg