• Aderbal Machado

Operação policial faz buscas na Prefeitura e Câmara de Biguaçu, por suspeita de crime administrativo


A Polícia Civil realiza nesta quarta-feira (09) a Operação “Co-incidência” e cumpre sete mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça, em 16 endereços da Grande Florianópolis.


Tratam-se de investigações com o objetivo de apurar a suspeita de diversos crimes contra a administração pública no município de Biguaçu, dentre eles: comunicação falsa de crime, associação criminosa, contratações irregulares (Lei das Licitações) e possível existência de funcionário fantasma no serviço público municipal.


As diligências são realizadas nos endereços residenciais dos investigados, secretarias municipais, setores administrativos da prefeitura e em um gabinete da Câmara de Vereadores de Biguaçu.


Os mandados judiciais são decorrentes de duas investigações que tramitam paralelamente na Delegacia de Polícia da Comarca de Biguaçu. Segundo o Delegado de Polícia Rodrigo Dantas, um dos inquéritos foi instaurado após denúncia de que um vereador de Biguaçu seria supostamente funcionário fantasma na Prefeitura.


A outra investigação decorre de suspeita de possível falsa comunicação de crime realizada por um secretário municipal visando ocultar irregularidades praticadas por políticos e servidores do município.

LogomarcaMin2cm.jpg