• Aderbal Machado

Masterplan apresentado mostra a desejada transformação da cidade, com prós e contras

Nesta segunda-feira, 20, mostrados detalhes do Masterplan de Balneário Camboriú, obra do escritório urbanístico de Jaime Lerner.


O trabalho tem por objetivo apoiar a construção de uma visão de futuro a partir de duas vertentes, sendo elas:


1. Apresentar Diretrizes de Macro Estruturação Urbana para o Município de Balneário Camboriú nos temas:


• Ordenamento Territorial

• Conectividade

• Meio Ambiente

• Identidade


2. Apresentar Projetos Estratégicos específicos, a nível conceitual, que valorizem o meio ambiente, aspectos históricos e culturais, para a construção de um sentido de pertencimento e consolidação de uma identidade para seus moradores.


O produto referente aos projetos estratégicos - versão preliminar contemplou os seguintes itens:


1. Projetos estratégicos | Acupunturas Urbanas

2. Parque da Orla Central | Nova Orla da Praia Central

3. Costa Ecológica Interpraias | Estudo das Praias Agrestes - Interpraias

4. Nova Orla do Rio Camboriú | Margens do Rio Camboriú

5. Balneário Parque de Inovação | Parque da Lagoa e Bairro Nova Esperança

6. Parque das Águas | Núcleo de Fundação, Bairro da Barra e S.J. Tadeu

7. Eixo da Ciência | Parque Raimundo Malta e Entorno

8. BR Verde | BR101

9. Anel Ecológico Norte


Há uma enormidade de virtudes, mas também há fatores de dificuldade para a sua concretização, apontados no projeto:

PONTOS FRACOS


Ordenamento territorial


• Estresses nas infraestruturas decorrentes das altas temporadas;

• Dependências de acordos multimunicipais para soluções relacionadas ao Saneamento Ambiental – drenagem, abastecimento de água, tratamento de esgoto, coleta e destino de resíduos sólidos;

• Pressão de ocupação sobre áreas naturais, rios e mata atlântica;

• Pressão de ocupação sobre áreas inadequadas - alagáveis e morrarias;

• Pressão de ocupação na região composta pela APA da Costa Brava;

• Assimetrias na ocupação (usos e densidades) do território;

• Alto custo de desapropriação em regiões já ocupadas e adensadas;

• Barreiras naturais e edificadas que compartimentam e desconectam o território – rios, morros e BR101;

• Perda/Transformação da paisagem natural;

• Revisão do Plano Diretor em atraso.


Conectividade


• BR 101 que corta o território;

• Transposições ao longo da BR insuficientes;

• Conflito de escala e de usuários nas transposições existentes;

• Inexistência de transposições da BR 101 voltadas aos pedestres e veículos não motorizados; • Malha viária congestionada;

• Custo de desapropriação para melhorias na malha viária;

• Transporte coletivo ineficiente;

• Necessidade de melhorias no transporte coletivo da praia Central;

• Rede cicloviária incompleta;

• Não aproveitamento do rio Camboriú como elemento de conexão territorial.


Identidade e setor econômico


• Poucos atrativos nos segmentos de arte e cultura;

• Capacidade ociosa dos equipamentos turísticos em dias úteis;

• Centro de Eventos sem programação;

• Baixa integração socioeconômica com os grupos culturais: pesqueira e quilombola;

• A força do mercado imobiliário desconectada da construção civil dentro de uma cadeia produtiva de negócios, com a sistematização dessa expertise a divulgar saberes, práticas e técnicas;

• Poucos roteiros organizados que incluam transporte, comida e visitação aos atrativos;

• Falta de placas indicativas nas cidades próximas e de sinalização bilíngue;

• Sinalização insuficiente para atrativos;

• Inexistência de transporte turístico regular.


AMEAÇAS


• Colapso da BR 101, causando dificuldades na integração intermunicipal e efeitos diretos no setor de turismo;

• Estresse nas redes de infraestrutura nos períodos de alta temporada;

• Alagamentos na região nos períodos das grandes chuvas;

• Risco de poluição das praias provocado pelos municípios a montante dos rios que desembocam em BC ou por acidente no porto de Itajaí.


CONHEÇO O PROJETO INTEGRALMENTE:

MASTERPLAN APRESENTAÇÃO
.pdf
Download PDF • 83.08MB

Veja vídeo de apresentação:

LogomarcaMin2cm.jpg