• Aderbal Machado

Ivermectina: nem sim e nem não, segundo Anvisa

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma nota de esclarecimento sobre o uso da ivermectina e o trato da Covid-19 com medicamentos que contêm a substância, a partir de diversas notícias que foram veiculadas na imprensa. De acordo com a agência, é necessário esclarecer que não existem estudos conclusivos que comprovem o uso desse medicamento para o tratamento da Covid-19, bem como não existem estudos que refutem o uso. A nota ressalta que, até o momento, não existem medicamentos aprovados para prevenção ou tratamento da Covid-19 no Brasil. “É preciso deixar claro que nesse sentido, as indicações aprovadas para a ivermectina são aquelas constantes da bula do medicamento. Cabe ressaltar que o uso do medicamento para indicações não previstas na bula é de escolha e responsabilidade do médico prescritor”, termina a nota. == Eu tomei a primeira dose e vou tomar a segunda, pelo sim ou pelo não. Ao menos elimino vermes e piolhos. A Ivermectina nem precisa de receita para ser adquirida ou manipulada, portanto não é remédio que apresente maiores riscos, desde que se sigam as recomendações médicas ou da bula.


LogomarcaMin2cm.jpg