Homem morto em confronto com a PM em Balneário Camboriú após dar tiros em frente ao hotel Marambaia


Registro do boletim policial sobre a morte de homem que tentou se hospedar no Hotel Marambaia e, ante a negativa dos recepcionistas, disparou tiro para o alto na frente do hotel. Chamada, a PM esteve no local, perseguiu o autor que, em confronto a tiros, acabou morto:


A guarnição tomou ciência via rede de rádio de ocorrência de disparo de arma de fogo no Hotel Marambaia, localizado na Avenida Atlântica, esquina com Rua Osmar de Souza Nunes. Prontamente fora deslocado ao local na busca de mais informações de autoria. Chegando lá, houve contato com o recepcionista do hotel que relatou que o masculino esteve no local tentando se hospedar e diante da negativa da gerência, saiu e efetuou um disparo de arma de fogo para o alto em frente ao estabelecimento.


Ressalta-se que o masculino foi autor de recente tentativa de Homicídio contra Policial em serviço, registrado sob Protocolo n° 6302022. Que o recepcionista repassou que o masculino vestia camiseta preta e indicou o endereço como sendo o cadastrado no hotel como residência do autor. Prontamente a guarnição deslocou do local, deixando a cargo da viatura PM0773 a lavratura do boletim sob Protocolo n°6323878.


Chegando no referido endereço a guarnição foi informada pelo porteiro do prédio que o masculino não havia dado entrada no local. A guarnição, então, permaneceu em rondas, momento que ao adentrar na Rua Osmar de Souza Nunes, sentido Avenida Brasil, visualizou um masculino com as mesmas características repassadas.


Dada voz de abordagem ao mesmo, ordenando com as palavras "POLÍCIA, MÃOS NA CABEÇA", ele virou de costas, sacando uma pistola de sua cintura e efetuando disparos contra a guarnição que, de imediato se abrigou atrás da viatura e repeliu a injusta agressão com 12 disparos de CTT .40 e 2 disparos de Pistola PT100P.


Que após cessada a injusta agressão, a guarnição visualizou o masculino caído com sangramento na cabeça e aparentando óbito. Fora acionado o SAMU que constatou o óbito do autor. Que fora ainda acionado o IGP que esteve presente, o IML e o Agente de Polícia Civil.


Aprendidos os materiais relativos ao crime, inclusive os envolvidos na ocorrência de disparo de arma de fogo no hotel, em continuidade a ocorrência Protocolo n°6323878, seguindo os procedimentos da Delegacia de Polícia Civil.


Ainda segundo outro registro policial, o mesmo homem havia sido abordado em ocorrência diferente três dias antes, quando, novamente, ameaçou um PM com arma de fogo, foi perseguido e afinal não encontrado na ocasião. Diz o registro da PM: A guarnição 3177 encontrava-se na Praça Almirante Tamandaré realizando Barreira Policial conforme OPO, momento em que o PM avistou um veículo da marca Audi, modelo TT, de cor prata com o condutor acelerando demasiadamente e ao aproximar-se da barreira, o PM ordenou que o mesmo parasse no local sinalizado a fim de averiguar o porquê de tanta aceleração.


O condutor do veículo não acatou e seguiu, momento em que o PM aproximou-se do veículo pela frente e ordenou que parasse, momento que o condutor do veículo inclinou-se para trás sacou uma pistola (modelo parecido com uma glock) e apontou para o Sd PM e este logo saiu da frente do veiculo (procurando abrigo), pois o condutor acelerou o veículo na direção do policial com a arma empunhada, momento que o Sd PM ao visualizar o condutor com uma arma em punho na direção do Sd PM, realizou 2 disparou com uma arma longa CTT. 40, seguido de mais um disparo realizado.


O terceiro Pm da Barreira Policial estava realizando a verificação de documentação de um veículo que havia sido abordado ouviu o Sd PM gritando: -" baixe a arma!", logo visualizou o momento dos disparos seguido do referido veículo empreendendo fuga.


Em seguida a guarnição embarcou na viatura e seguiu atrás do veículo em fuga, porém não foi localizado no primeiro momento. Por volta das 23h a Guarda municipal da cidade de Itajaí localizou o veículo Audi, TT de cor prata abandonado nas margens da Rodovia Adolf Konder.


A guarnição deslocou até o local e constatou que tratava-se do mesmo veículo, sendo verificado uma perfuração causada por disparo de arma de fogo, bem como o pneu dianteiro esquerdo estourado. Diante dos fatos foi lavrado o presente boletim de ocorrência e acionado o guincho deslocando o referido veículo à delegacia de Polícia Civil da comarca de Balneário Camboriú para os procedimentos cabíveis.

LogomarcaMin2cm.jpg