Hacker invade página da FCBC e posta mensagens de racismo, ódio e homofobia

Hackers invadem a página "BC em Cena", da Fundação Cultural de Balneário Camboriú, e disparam mensagens de preconceitos, ódio e racismo contra grupo artístico contemplado.

Informam organizadores que além dos ataques no Instagram, o grupo sofreu ataques na home page e acessaram também o aplicativo com a conta bancária onde foi depositado o dinheiro recebido pelo grupo, roubando 8 mil reais, em transferências via PIX (como fazer isso sem senha?).

No whatsapp, diz-se que um dos organizadores do Festival teve seu endereço pessoal e da mãe, moradora de Lages, divulgados por quem cometeu o ato.































A Fundação Cultural emitiu nota a respeito:


A Fundação Cultural de Balneário Camboriú informa que tomou ciência de que os proponentes do Festival BC em Cena tiveram suas contas do Instagram, página na internet e a conta bancária do projeto, invadidas na manhã desta sexta-feira. Os crimes já foram denunciados à Delegacia de Polícia que investiga o caso.


A Fundação declara ainda, e com veemência, que não corrobora com ações criminosas, racistas ou preconceituosas expressas pelos hackers no caso em questão, e em nenhum caso similar, e acompanha de perto as investigações que estão sendo feitas.


Lembrando que os projetos contemplados pela Lei de Incentivo à Cultura são avaliados com rigor por pareceristas inscritos em credenciamento público, com experiência na área Cultural e com expertise comprovada.


Denize Leite

Presidente da Fundação Cultural de BC

LogomarcaMin2cm.jpg