Fiscalização age forte, interdita estabelecimentos e encerra festa em lancha em Balneário Camboriú

Na noite desta sexta-feira (20), os fiscais de posturas, com o apoio da guarda municipal, realizaram operação de fiscalização de estabelecimentos comerciais para verificar o cumprimento das medidas sanitárias de combate à covid-19.


Vinte estabelecimentos foram visitados e notificados para se adequarem às normas vigentes. Durante a operação, um estabelecimento comercial foi interditado e uma festa numa lancha encerrada.

Uma conveniência na Avenida Central foi interditada por sete dias por estar descumprindo as medidas de distanciamento social, ocupação e por ter aglomeração dentro e em frente ao estabelecimento. O proprietário foi multado no valor de 32 UFM (R$ 10.050,56). O local é reincidente, tendo sido notificado anteriormente por denúncias de aglomeração e perturbação de sossego.


Durante a madrugada, por volta da 2h30, a Central 153 da Guarda Municipal recebeu denúncia de perturbação do silêncio e aglomeração em uma lancha no píer da Barra Sul. A festa foi encerrada e o responsável notificado.


A propósito, na sexta-feira (20), o prefeito editou novo decreto, proibindo o uso de narguilé e equipamentos sonoros em espaços públicos e de uso coletivo.

​A medida leva em conta a necessidade de evitar a aglomeração de pessoas por conta do aumento no número de casos de contaminação da COVID-19.

O Decreto entrou em vigor neste sábado (21).

LogomarcaMin2cm.jpg