• Aderbal Machado

Emasa pede prioridade ao IMA na análise e licenciamento da dragagem do Marambaia


A Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA) protocolou junto ao Instituto do Meio Ambiente (IMA), solicitação para que priorize a análise da atividade de dragagem do Rio Marambaia, dentro do pedido de licenciamento em processo anterior, protocolado em setembro/2021, pois esta será a primeira etapa a ser executada, dentro do projeto de Revitalização do Rio Marambaia.

No mesmo pedido, a EMASA também solicita autorização para instalar uma bomba na foz do Rio Marambaia, para bombear água através de uma tubulação e lançá-la a montante, no ponto de confluência dos ribeirões provenientes dos Bairros das Nações e Centro. De acordo com a equipe técnica, desta forma, pretende-se aumentar o efeito de diluição no local, reduzindo odores e melhorando a qualidade da água.

“Essa será uma intervenção temporária discutida com representantes da comunidade lindeira ao rio, já que a Emasa vem atuando na fonte da contaminação através do Programa Se Liga na Rede. Embora o programa tenha avançado muito nos últimos anos, essas duas intervenções, a dragagem e a instalação dessa bomba, são extremamente necessárias e urgentes para melhoria nas condições e aspecto do Marambaia”, menciona o diretor-geral da Emasa, Douglas Costa Beber.

Em setembro deste ano, foi entregue o relatório final dos estudos ambientais, hidrológico e hidráulico para o Parque Linear do Canal Marambaia. O estudo é necessário para efetuar a etapa de Revitalização do Rio Marambaia da Rua 1.901 até a desembocadura no Pontal Norte, atendendo as exigências do Instituto do Meio Ambiente (IMA) para obter o licenciamento ambiental.

A obra de Revitalização do Rio Marambaia no trecho indicado contempla além da dragagem do rio, a limpeza, contenção das margens e readequação da calha. O projeto também prevê a criação de um Parque Linear. A previsão é licitar a obra assim que o IMA conceda a licença ambiental.

Sobre a Revitalização do Rio Marambaia Desde 2017, uma série de ações estão sendo feitas para a revitalização do Rio Marambaia, incluindo as ações do programa “Balneário Camboriú é a Nossa Praia”, que vem executando uma série de medidas para reduzir problemas ambientais, com foco na despoluição das águas, como: a obra do Emissário Pressurizado de Esgoto Bruto da Barra Norte; legislações sanitárias mais rigorosas; fiscalizações intensificadas do Programa Se Liga na Rede com lacres nas ligações irregulares e testes com o uso da tecnologia.


(Mensagem institucional)



LogomarcaMin2cm.jpg