• Aderbal Machado

E vão sumindo os fatores de inelegibilidade, um a um, facilitando a vida de políticos trambiqueiros


Detentores de cargos ou funções públicas cujas contas foram julgadas irregulares, mas sancionados apenas com multa, não ficarão mais inelegíveis, caso seja aprovado e transformado em lei o Projeto de Lei Complementar (PLP) 9/2021, do deputado federal Lúcio Mosquini (MDB-RO), aprovado em junho na Câmara.


Segundo o relatório do senador Marcelo Castro (MDB-PI), favorável, o PLP impede que "meros erros formais, de pequeno potencial ofensivo, dos quais não resultem danos ao erário", privem agentes públicos do direito de serem votados. (Fonte: Agência Senado)


(Em pouco tempo, alguém condenado e preso poderá se candidatar estando na cadeia e governar ou legislar de lá, sem qualquer problema, por sistema remoto ou visitinhas fortuitas "profissionais". Estamos no caminho, pelo andar da carruagem)

LogomarcaMin2cm.jpg
3420-05-WEBBANNER-PORTAL-ADERBAL-MACHADO