• Aderbal Machado

Dos 308 candidatos a vereadores de Balneário Camboriú, apenas 46 são nativos ou 14,9 por cento.

Expressivamente conhecida a condição cosmopolita de Balneário Camboriú. Seu progresso deveu-se, ao longo do tempo, a iniciativas de pessoas locais e, com grande ênfase, a gente vinda de fora, de outras regiões do Estado e outros estados e até de outras nações.

Um espelho interessante disso se configura nas candidaturas deste ano: dos seis candidatos a prefeito, cinco são oriundos de outras regiões. E dos candidatos a vice-prefeito, também cinco são nascido em outras cidade e até outros estados.

Na disputa pela Câmara Municipal esta realidade é ainda mais notória: dos 308 candidatos que disputam uma vaga na Câmara, os nativos são 46, considerando-se também os nascidos em Camboriú em data anterior à emancipação (1964). No caso, 262 têm diversas origens, com o detalhe de que grande parte desses tem duas vertentes predominantes: Rio Grande do Sul e Paraná.

Partidos com mais nativos registrados: PL (6); PSD, PDT e NOVO (5 cada); PP (4); PSB, Cidadania, MDB e Podemos (3 cada); DEM e PRTB (2 cada); AVANTE, Patriota, Republicanos, PT e PSDB (1 cada).

Contagem feita com acesso na ficha dos candidatos no site do TSE, uma a uma.

Esta cidade é, realmente, um centro generativo de muita qualidade social e econômica.

LogomarcaMin2cm.jpg
3420-05-WEBBANNER-PORTAL-ADERBAL-MACHADO