Dia Mundial do Rock, a origem da revolução na música e no comportamento jovem


Esta data (13 de julho) é uma homenagem ao estilo musical do Rock n’ Roll, que revolucionou a música e o comportamento social da juventude na segunda metade do século XX.

Os grupos de rock, geralmente, são formados por um cantor, um baixista, um ou dois guitarrista e um baterista.

Mesmo sendo conhecido por Dia Mundial do Rock, esta data é comemorada especialmente no Brasil, graças a uma campanha promovida por duas rádios paulistas em 1990 que consagraram o dia 13 de julho como Dia do Rock. Os americanos, por exemplo, preferem celebrá-lo no dia 9 de julho.


Origem do Dia Mundial do Rock

Em 13 de julho de 1985, houve um grande evento chamado Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra, e na Filadélfia, nos Estados Unidos.

O objetivo principal era conscientizar a população mundial sobre a drástica pobreza e a fome na Etiópia.

O evento contou com a presença de renomados artistas e grupos de rock da época, como The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Rolling Stones, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins (que tocou na Inglaterra e nos EUA), Eric Clapton, Black Sabbath, entre outros.

O show foi transmitido ao vivo para diversos países. Na ocasião, o cantor e baterista Phil Collins propôs que o dia 13 de julho fosse lembrando como Dia Mundial do Rock.

LogomarcaMin2cm.jpg