• Aderbal Machado

Deputados com vínculos eleitorais e políticos com a Amfri consumiram quase R$ 1 milhão nos gabinetes


Chamou atenção matéria de Altair Magagnin, do ND+, sobre despesas com aluguel de escritórios de deputados. Dados do Portal da Transparência da Assembleia Legislativa.


Por curiosidade, fomos lá. E encontramos os números completos de cinco deputados, quatro dos quais com vínculos na região: Paulinha, Maurício Eskudlark, Ivan Naatz e Coronel Mocellin. Para efeito de comparação, mais dois: Ana Campagnolo e Luciane Carminatti.

Em 2021, as despesas de cada um deles (destaque apenas para o total e as diárias, como demonstrativos mais expressivos). As despesas com escritórios são "fichinha":


PAULINHA

R$ 291.599,11 - Diárias: R$ 170.260,00


IVAN NAATZ

R$ 288.040,90 - Diárias: R$ 131.730,00

CORONEL MOCELLIN

R$ 95.189,93 - Diárias: R$ 29.190,00

MAURÍCIO ESKUDLARK

R$ 258.306,19 - Diárias: 128.630,00

ANA CAMPAGNOLO

R$ 318.355,67 - Diárias: R$ 182.130,00

LUCIANE CARMINATTI

R$ 269.133,44 - Diárias: R$ 83.140,00

Veja-se que, só em despesas de gabinete, os quatro deputados com vínculos eleitorais e políticos na região da Amfri, consumiram R$ 933.136,13. Fora os seus próprios vencimentos e os dos comissionados dos gabinetes. Uma pequena fortuna. A curiosidade gira em torno do custo-benefício disso tudo para a sociedade.


Os quatro parlamentares com vínculos na regiao da Amfri, gastaram um total de R$ 933.136,13. Só em diárias: R$ 459.810,00.


CONFIRA OS DADOS DESTES E OUTROS DEPUTADOS AQUI

LogomarcaMin2cm.jpg