• Aderbal Machado

Deputado Bruno Souza (Novo), quer finalização das investigações sobre fraude dos respiradores em SC


O caso está sob investigação federal há oito meses para apurar o envolvimento do governador, enquanto isso nenhuma pessoa foi responsabilizada

O deputado Bruno Souza (Novo) enviou à Procuradoria Geral da República (PGR) uma moção apelando ao órgão agilidade na investigação que apura a compra de 200 ventiladores pulmonares pelo governo de Santa Catarina.

Antes de ser enviada ao STJ, a força tarefa, composta pelo TCE/SC, MPSC e Polícia Civil já havia deflagrado a Operação 02, quando apurou diversas irregularidades da compra emergencial, resultando em mais de 50 depoimentos, 51 mandados de busca e apreensão, além de prisões preventivas.

Passados oito meses do envio da investigação para âmbito federal, devido a identificação de referências ao governador nos fatos, apenas manifestação da Polícia Federal foi noticiada, alegando não ter encontrado elementos que comprovem a participação de Carlos Moisés. “A investigação segue desde então na PGR, não havendo fatos novos e deixando a população catarinense ansiosa pela evolução e por resultados que punam os culpados. A compra foi fraudulenta e superfaturada e precisamos de uma resposta. Sei que muitos preferem que esqueçamos esse caso, mas eu não esqueci”, declara o deputado.

LogomarcaMin2cm.jpg