• Aderbal Machado

Depois de mais de seis meses de orla toda própria, Praia Central apresenta um ponto negativo


De acordo com as coletas realizadas em 231 pontos analisados, 169 estão próprios no litoral catarinense, o que representa 73,2%. Em Florianópolis, dos 87 pontos onde há coleta, 61 estão em condições de receber banhistas, o que representa 70,1%. Em um comparativo com o último relatório divulgado, 5 pontos passaram da condição de impróprio para próprio. As amostragens e ensaios foram efetuados nos municípios de Balneário Camboriú, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo e São José. O IMA conta com apoio do Corpo de Bombeiros para a realização das coletas e o resultado pode ser acessado na íntegra pelo site: balneabilidade.ima.sc.gov.br e pelo aplicativo Praia Segura.

Balneário Camboriú, pela primeira vez em mais de seis meses, aparece com um ponto impróprio: defronte à Rua 4900, na Barra Sul.


A pior situação da região da Costa Verde & Mar continua sendo Itapema: dos nove pontos de análise, cinco continuam impróprios há tempos.

LogomarcaMin2cm.jpg