• Aderbal Machado

Dengue avança no estado de Santa Catarina, com 42.546 focos identificados em 229 cidades

No período de 02 de janeiro a 18 de maio de 2022, foram identificados 42.546 focos do mosquito Aedes aegypti em 229 municípios. Comparando ao mesmo período de 2021, quando foram identificados 37.962 focos em 216 municípios, observa-se um aumento de 12,1% no número de focos detectados.


Em relação à situação entomológica, até 18 de maio de 2022, 130 municípios foram considerados infestados, o que representa um incremento 15% em relação ao mesmo período de 2021, que registrou 113 municípios nessa condição. A definição de infestação é realizada de acordo com a disseminação e manutenção dos focos.


Do total de casos confirmados até o momento (42.831), 38.965 são autóctones (transmissão dentro do estado) distribuídos em 126 municípios de Santa Catarina, sendo que 59 atingiram o nível de epidemia: Itá, Maravilha, Iporã do Oeste, Mondaí, Coronel Freitas, Belmonte, Palmitos,Caxambu do Sul, Seara, Guaraciaba, São José do Cedro, Flor do Sertão, Romelândia, São Miguel da Boa Vista, Santa Terezinha do Progresso, Concórdia, Abelardo Luz, Ascurra, Caibi, Peritiba, Xanxerê, Tigrinhos, Nova Itaberaba, Riqueza, Chapecó, Saudades, Bombinhas, Xavantina, Tunápolis, Cunha Porã, Brusque, São Miguel do Oeste, Joinville, Garuva, São João do Oeste, Bom Jesus, Iraceminha, Cordilheira Alta, Águas Frias, Ipumirim, Santa Helena, Barra Bonita, Blumenau, Cunhataí, Princesa, Descanso, Guatambu, Piratuba, Guarujá do Sul, Bom Jesus do Oeste, Pinhalzinho, Formosa do Sul, Águas de Chapecó, Entre Rios, Anchieta, Paraíso, Ouro Verde, Florianópolis e Alto Bela Vista.


Dos óbitos confirmados e suspeitos de dengue, a imensa maioria está em Joinville, Chapecó e Brusque: Dos casos registrados, 14 são em Joinville, 9 em Chapecó e 9 em Brusque. Na região da Amfri, nenhum.


Informações da DIVE.


VEJA AQUI O INFORME COMPLETO DA DENGUE EM SC

Informe-Dengue6-2022
.pdf
Download PDF • 18.87MB

LogomarcaMin2cm.jpg