Coronavírus: apenas Foz do Rio Itajaí e região Nordeste do Estado estão em nível gravíssimo

Atualizado: Ago 22

A Matriz de Risco Potencial divulgada neste sábado, 14, pelo governo do Estado mostra que apenas duas regiões do Estado permanecem classificadas com o risco Gravíssimo (cor vermelha) de atenção para a Covid: Nordeste e Foz do Rio Itajaí.


As regiões do Alto Vale do Rio do Peixe, Extremo Oeste, Grande Florianópolis, Médio Vale do Itajaí, Oeste, Planalto Norte e Xanxerê foram classificadas com o risco Grave (cor laranja). Outras sete regiões estão classificadas com o Risco Alto (cor amarela): Alto Uruguai Catarinense, Alto Vale do Itajaí, Carbonífera, Extremo Sul, Laguna, Meio Oeste e Serra Catarinense.


De acordo com a cientista de dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Bianca Vieira, a melhora do cenário em Santa Catarina apresenta melhora significativa principalmente devido ao avanço da vacinação. “Há redução no número de óbitos e no quesito de capacidade de atenção, que avalia a ocupação em UTIs, conforme a vacinação é ampliada”, disse. ”Temos pouco mais de 20% da população vacinada com a segunda dose e à medida que avançamos na imunização, transformaremos essa mapa em um cenário mais confortável para a nossa população”.


Santa Catarina tem 1.133.146 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus. Desses, 1.102.219 são considerados recuperados e 12.599 continuam em acompanhamento. O número foi divulgado neste sábado, 14. A Covid-19 causou 18.328 óbitos no estado desde o início da pandemia. Esses números colocam a taxa de letalidade em 1,62%.




A taxa de ocupação dos leitos de UTI Adulto pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina é de 66,8%. Isso significa que, dos 1.508 leitos existentes no estado para adultos, 1.008 estão ocupados, sendo 477 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus.




LogomarcaMin2cm.jpg