• Aderbal Machado

Controle de Pragas Urbanas alerta sobre presença de pombos na Praia Central e sugere medidas

A Vigilância Sanitária de Balneário Camboriú,orienta moradores e turistas sobre a concentração de pombos na orla da Praia Central. A equipe de médicos veterinários e agentes de Combates à Endemias, alerta que praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos, nativos ou exóticos é crime, de acordo com a Lei nº 9.605/98, definidora de crimes ambientais.

Para conter a concentração de pombos no Centro da cidade, o Controle de Pragas Urbanas pede a população para não alimentar os animais e higienizar os locais com acúmulo de fezes (seguindo regras e com uso de equipamentos de proteção individual). Para auxiliar, o CCPU faz a fiscalização de prédios e residências a fim de adotar medidas que impeçam o acesso das aves aos locais.


Outras prefeituras seguem o mesmo caminho em relação aos pombos. A prefeitura de Santos é uma delas e faz observações:


As doenças mais comuns transmitidas pelos pombos aos seres humanos são provenientes de suas fezes. É o caso da salmonelose, histoplasmose e criptococose. A salmonelose, provocada pela bactéria Salmonela spp, acomete a pessoa que ingeriu alimentos com resquícios de fezes de pombo contaminadas.


A histoplasmose, causada pelo fungo Histoplasma capsulatum, atinge o ser humano após a aspiração do fungo presente nas fezes do pombo. A doença ataca o sistema respiratório e não costuma causar sintomas em sua forma aguda. Já na forma crônica, que geralmente acomete pessoas com o sistema imunológico comprometido, provoca tosse seca, febre, dor no peito e nas juntas e inchaço nas pernas. Em casos mais severos, dá sudorese excessiva, falta de ar e tosse com sangue.

Já a criptococose, causada por fungos do gênero Cryptococcus, pode levar à morte dependendo do tipo de fungo que acomete a pessoa após inalação. Frequentemente, a doença atinge o sistema neurológico, causando meningite subaguda ou crônica, cujos sintomas são febre, fraqueza, dor no peito, rigidez na nuca, dor de cabeça, náusea, vômito, suor noturno, confusão mental, alterações de visão, podendo haver comprometimento ocular, pulmonar e ósseo.

LogomarcaMin2cm.jpg