Concluído estudo visando à construção do Parque Linear do Canal Marambaia

A Prefeitura de Balneário Camboriú, por meio da Empresa Municipal de Água e Saneamento (EMASA), recebeu nesta semana o relatório final dos estudos ambientais, hidrológico e hidráulico para o Parque Linear do Canal Marambaia.


O estudo é necessário para efetuar a etapa de Revitalização do Rio Marambaia da Rua 1.901 até a desembocadura no Pontal Norte, atendendo às exigências do Instituto do Meio Ambiente (IMA) para obter o licenciamento ambiental. Com o estudo em mãos e sendo analisado pela equipe técnica da Emasa, iniciou o processo para o pedido de licenciamento ambiental.


“Este estudo é uma importante etapa para conseguirmos a licença para a revitalização do Rio Marambaia, que somada às diversas ações já iniciadas desde 2017, como os investimentos nas obras de saneamento, o novo emissário da região norte até a estação de Tratamento, as intensas fiscalizações de ligações irregulares, os lacres, a legislação mais rígida e a declaração de regularidade sanitária para as edificações, irão culminar na completa revitalização de mais este curso d’água importante de nossa cidade. É mais uma obra desejada há muito tempo que estamos agora mais próximos de realizar ”, afirma o prefeito Fabrício Oliveira.


A obra de Revitalização do Rio Marambaia - da Rua 1.901 até a desembocadura no Pontal Norte – contempla além da dragagem do rio, a limpeza, contensão das margens e readequação da calha. O projeto também prevê a criação de um Parque Linear. A previsão é licitar a obra assim que o IMA conceda a licença ambiental.


Sobre a Revitalização do Rio Marambaia

Desde 2017, uma série de ações estão sendo feitas para a revitalização do Rio Marambaia, incluindo as ações do programa “Balneário Camboriú é a Nossa Praia”, que vem executando um pacote de medidas para reduzir problemas ambientais, com foco na despoluição das águas, como: a obra do Emissário Pressurizado de Esgoto Bruto da Barra Norte; novas legislações sanitárias mais rigorosas; fiscalizações intensificadas do Programa Se Liga na Rede com lacres nas ligações irregulares; e testes com o uso da tecnologia.

LogomarcaMin2cm.jpg