COLUNA: Carlos Humberto é um político com uma virtude invertida do político comum: não é demagogo

GROSSO MODO – COLUNA DIÁRIA

(coluna de informação e opinião, sujeita a chuvas e trovoadas)


ANÁLISE POLÍTICA


O AVANÇO DAS NOSSAS POSTULAÇÕES NO HORIZONTE DE CARLOS HUMBERTO COMO LÍDER POLÍTICO


A Carlos Humberto, vice-prefeito e primeiro suplente de deputado estadual do PL, coordenador regional do partido na Amfri, cumpre avançar nas missões políticas, visando a sua nova candidatura à Assembleia Legislativa, já decidida. Desta vez, avisa que irá se dedicar mais intensamente, procurando a efetivação. E, dependendo do resultado, se reforçará para eventual candidatura à prefeitura de Balneário Camboriú em 2024.

Enfrentará, como todos os demais candidatos da cidade a cargos legislativos, a multiplicidade suicida de nomes concorrentes, o que nos leva a ter, sempre, uma representatividade medíocre e, por via de consequência, uma força menor ante o governo do Estado. Força que, diga-se, já tivemos e não adiantou muito, pois lá no topo do comando já esteve um vice-governador, depois governador, depois secretário, depois deputado estadual (e antes de tudo isso senador e deputado federal) e pouco resolveu para a cidade. Foi uma época em que, inclusive, mais perdemos efetivo policial militar, por exemplo. E não só o caso dele, mas de outros, que preferiram se eleger e ceder a vaga para companheiros de legenda ou coligação e exercer secretaria de Estado – condição que, convenhamos, não é a ideal para quem faz uma campanha com uma proposta de trabalho legislativo.

A grande obra do Estado, em muitos anos, é só uma: Centro de Eventos. Por enquanto, um fracasso. Talvez tenhamos que definir outras lutas, como os acesso viário a Brusque a partir da área rural de Camboriú, que já existe, mas é precário. Isso desafogaria substancialmente o uso da BR-101 e, de quebra, reduziria bem a distância entre os municípios, criando, em meio a isso, a valorização das áreas lindeiras. E principal: incrementeria grandemente o turismo rural.

Carlos Humberto é objetivo, tem posturas claras e muito bem definidas ideológica e politicamente, mantém permanente disposição de luta, até por ser um jovem militante sem os vícios da classe.

Na sua fugaz passagem pela Assembleia, como suplente, por apenas 60 dias, marcou uma ação profícua em favor da cidade e região, comprovando o seu foco de trabalho forte. Mais do que muitos que por lá passaram por mandatos inteiros ou parcelados.

Talvez a maior virtude de Carlos Humberto possa ser um defeito avesso do político tradicional, como os muitos que conhecemos: não é demagogo.


CURIOSIDADE


Logo após um trabalho de escola, um estudante foi responsável por desenhar a bandeira oficial dos EUA. A curiosidade é que, mesmo utilizada até hoje, na época sua professora considerou o desenho apenas mediano.


MENSAGEM


O que fizemos de nós


Lembra quando todos eram mais felizes, sorriam por qualquer motivo e as coisas mais importantes eram ver o riso de uma criança, o pôr do sol, um grande amor e a paz de um domingo? Que será que fizemos para apagar o riso, porque será que as cores ficaram mais pálidas?


O que fizemos contra nós mesmos para esquecermos-nos de caminhar na chuva e espiar ninhos de passarinhos? Morreu a fantasia, morreu a criança que vivia dentro de nós?


Deixamos tudo isso acontecer e nem nos apercebemos. Gastamos nosso tempo na televisão, no telefone, na Internet e deixamos para trás a nossa alma, as horas de papo com os amigos, o passeio de mãos dadas e o cafezinho no boteco...


Queria te convidar a sonhar. Não, não é para mais um sonho do que se vai comprar, adquirir e se entupir. Sonhar infantilmente, pôr nos olhos a candura pueril, os lábios quase falando a ânsia da alegria, navegar na fantasia!


Vá correr sem medo, igual correr na estrada com poeira sem pensar na sujeira, brincar com o sentimento, ser novamente num momento apenas garoto, maroto, arteiro e eterno.


Pois não há inverno para quem corre no sol, não há inferno para quem tem nos olhos o brilho de um farol. Nunca haverá paz em qualquer rincão do universo se dentro de nós, frutos da criação, ela não habitar antes.


TEMPO


TOME NOTA


+ Só depois de tanto tempo após as eleições, chega a aprovação (ou rejeição) das contas de campanha dos candidatos concorrentes ano passado. Lá se vão cinco meses. Felicidade ver o encerramento oficial do pleito com contas aprovadas.


+ Centro de Direitos Humanos de Itajaí, com nova composição, propõe políticas públicas de garantia sobre meio ambiente, sexualidade, gênero, migrações, moradia, economia solidária, saúde e outras. A intenção é criar um conselho específico para debates em relação à população LGBTQIA+ e outro que discuta a questão dos migrantes em Itajaí.


+ O novo comandante da PM de Itajaí é o coronel Diego Pereira Chanes. Substituiu o tenente-coronel Alfredo Von Knoblauch. O Comando informou que nessa segunda-feira começaram a se apresentar em Itajaí parte dos 36 policiais militares que foram destacados para o município em fevereiro desse ano.


+ Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) vistoriou a área onde será implantado o Parque Inundável Multiuso, em Camboriú. O itinerário começou no Rio do Meio, na área atrás dos loteamentos Caledônia e Jardim Europa, na altura do Rio Camboriú. Nesse local será construído o dique – barreira física de contenção do parque inundável, que terá 1,6 km de extensão. “Esse é um projeto inovador. Vai mudar todo o panorama da cidade de Camboriú. É uma parceria com a Emasa. É importantíssimo, porque além da reserva hídrica que é fundamental, porque hoje o Rio Camboriú é responsável pelo abastecimento para quase 250 mil pessoas, vai contemplar o turismo ecológico rural”, disse o presidente da Fucam, Valmor Dalago, que acompanhou a vistoria.


+ Vereadores de Nova Veneza, no sul do Estado, sugerem criação de comissão para avaliar correção nos limites territoriais entre o município, Criciúma e Siderópolis. A razão é a polêmica em torno de compensação tributária de empresas que têm sede nos limites dos municípios, em face, até de decisão judicial favorecendo Criciúma no caso de uma empresa nessas condições. A competência para redefinir limites é da Assembleia Legislativa. Informações da colunista Karina Manarin, do ND+.


+ Ainda será definida a data exata, mas o julgamento que pode afastar em definitivo o governador Carlos Moisés do cargo será no início do mês de maio, segundo decidiu o presidente do Tribunal Misto, desembargador Ricardo Roessler. O advogado de Moisés, Marcos Probst, diz que o prazo é curto para manifestação dos julgadores e pede uma nova data, mais adiante.


+ O governo catarinense vai bloquear, a partir desta terça-feira (20), a emissão de notas fiscais de 21 mil empresas estabelecidas no estado. A informação foi dada, em primeira mão, pelo secretário da Fazenda, Rogério Macanhão, em entrevista ao jornalista e colunista Moacir Pereira, na edição desta segunda-feira (19) do programa Conexão ND. A razão principal são empresas em funcionamento sem definição de contabilista responsável.

+ Prefeitos de Chapecó, São José e Criciúma, reuniram-se na última cidade e definiram seguir o mesmo caminho de combate à pandemia – o uso de tratamento precoce, com autonomia médica de determinar. E foram unânimes na posição contrária ao impeachment de Carlos Moisés. Eles acham que isso causará traumas institucionais, administrativos, políticos e econômicos no Estado.


+ Na sessão desta terça, 20, em votação na Câmara de Balneário Camboriú, parecer contrário da Comissão de Justiça e Redação do Legislativo ao Projeto de Lei Ordinária 47/2021, do vereador Marcelo Achutti (MDB), dispondo sobre medidas administrativas para o controle da despesa pública com folha de pagamento do prefeito, vice-prefeito, vereadores, secretários, diretor de autarquia e superintendentes de fundação, em decorrência das medidas de enfrentamento ao Covid-19. No caso de vereadores parece lógico que é decisão do Poder Legislativo. Aliás, há tempos medidas já deveriam ter sido adotadas, independente de pandemia ou não. Continua sendo pouco explicável – ou nada explicável – a existência de cinco cargos de assessores comissionados em cada gabinete. Em muitos nem cabe tanta gente. Nem mesa tem pra todos. O exemplo começa em casa.


Coronavírus em SC


Santa Catarina aplicou um total de 1.276.878 doses da vacina contra a Covid-19 na população dos grupos prioritários, de acordo com o Balanço Parcial de vacinação contra a Covid-19 divulgado nesta segunda, 19. Do total, 899.501 foram da primeira dose (D1) e 377.377 da segunda (D2).

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), emitiu Nota Técnica a respeito da alteração no intervalo entre a aplicação da primeira e da segunda da Coronavac, do laboratório Sinovac/Butantan.

A partir de agora, a recomendação é que os municípios catarinenses realizem o agendamento da segunda dose no prazo máximo estabelecido na bula, que é de 28 dias após a aplicação da primeira dose.


Coronavirus em Balneário Camboriú


Nesta segunda-feira (19), Balneário Camboriú vacinou 348 pessoas com a primeira dose contra a Covid-19. Ao todo, o município já vacinou 21.155 pessoas com a primeira dose, destes, 4.571 são profissionais da saúde, 16.343 são idosos com 65 anos ou mais, 77 são idosos residentes em Instituições de Longa Permanência e 164 são profissionais das Forças de Segurança, Salvamento e Forças Armadas.

Ainda nesta segunda-feira, o município vacinou 1.729 pessoas com a segunda dose da vacina contra Covid-19, chegando a 14.148 unidades da segunda dose aplicadas.

Os idosos acamados devem solicitar agendamento para que a imunização seja feita em domicílio, por meio das equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF), através do telefone (47) 3267-7049, também disponível para tirar dúvidas.

Nesta terça-feira (20), o município inicia a vacinação da segunda dose em idosos de 69 anos ou mais e continua a primeira dose em idosos de 65 anos ou mais, além dos profissionais de saúde com mais de 45 anos. A vacinação ocorre, das 8h às 17h, no drive-thru localizado ao lado do CEM Ivo Silveira, no Bairro dos Estados, e na Unidade Básica de Saúde Central. Nas demais UBS, a imunização ocorre das 8h às 12h e 13h30 às 17h.

Para se vacinar é necessário apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência - segunda dose precisa apresentar carteira de vacinação. Para os profissionais de saúde é necessário também levar comprovante de vínculo empregatício.

Os demais grupos continuarão sendo imunizados conforme distribuição dos lotes pelo Governo do Estado, seguindo a ordem de priorização. A Prefeitura Municipal irá informar a população dos locais de vacinação e fases, conforme a chegada de mais doses ao município.


Coronavírus em Camboriú


Dos 9.022 pacientes positivos, 8.760 já receberam altas e 130 pacientes vieram a óbito. No momento 132 pacientes encontram-se em tratamento e 116 em isolamento domiciliar.

Internados em leitos UTI – 8

Internados em leitos de Enfermaria – 8

Internados HCC – 7 (sendo 3 pacientes de Camboriú – 3 pacientes de Porto Belo - 1 paciente de Balneário Camboriú)


FRASE

Perder tempo em aprender coisas que não interessam, priva-nos de descobrir coisas interessantes – (Carlos Drummond de Andrade)



LogomarcaMin2cm.jpg