• Aderbal Machado

Centro de Eventos: uma manifestação louvável do vereador Achutti, mas vazia e fora do esquadro


O vereador Marcelo Achutti (MDB), centrou, prioritariamente, a sua gestão no legislativo em algumas vertentes principais: Hospital Ruth Cardoso, "indústia da multa" (radares e controladores de velocidade) e Centro de Eventos. Injusto afirmar ser ele um mau vereadsor. Muito pelo contrário. É ativo, está atento. Como os demais, há posicionamentos corretos e há posicionamentos de puro sectarismo político. Normal para quem é oposição, já foi líder do governo a que se opõe desde o outro mandato e tem um estilo, digamos, agressivo - no bom sentido, pois sua personalidade é pacífica, para quem o conhece e com ele convive.

Ele insiste, ainda, em bradar sobre a conclusão e funcionamento do Centro de Eventos. Por convicção pessoal, acho bobagem. O Centro de Eventos não funcionará na sua forma original. Lá atrás já tínhamos esta convicção por várias razões. Agora, ante a pandemia, menos ainda.

Sabemos ser complicado, mas o ideal seria procurar logo uma função para aquele imenso pavilhão, antes que o governo estadual faça uma lambança irreversível. Já se sugeriu ocupá-lo, em parte, com terminal urbano de passageiros, vagando o atual terminal para outras finalidades. Quem sabe núcleos de artesanato e restaurantes típicos e mais o que se possa imaginar para reforçar o receptivo turístico da cidade.

Há toda uma controvérsia natural sobre isso Há quem continue, como Marcelo Achutti, acreditando que é possível colocá-lo em funcionamento. Vão dar com a cara na porta ou com os burros n'água. Como disse, é louvável. Mas inútil, ainda mais nas circunstâncias atuais - cuja duração é incalculável.

Vereador, dá uma sacudida nesta poeira. Põe o Centro de Eventos ou sua estrutura a serviço da cidade, antes que haja um desvio de finalidade ruim para todos.

LogomarcaMin2cm.jpg