• Aderbal Machado

Carlos Moisés e o caso dos respiradores: PF e agora o MPSC livram o governador

De acordo com o MPSC, foram ouvidas 40 testemunhas e interrogados 19 investigados ao longo das apurações. "Apesar da exaustiva busca por elementos que denotassem eventual envolvimento do governador do Estado, não foi possível encontrar nenhum indício que o confirmasse, seja no material apreendido, documentos arrecadados ou dados obtidos em decorrência dos pedidos de quebra de sigilo telefônico e telemático. Tampouco a prova oral coletada registrou informação relevante nesse sentido", concluiu a instituição, em relatório de arquivamento parcial do inquérito civil que apura o caso.

A avaliação do MPSC é idêntica à da Polícia Federal, que também já havia investigado o caso.


LogomarcaMin2cm.jpg