BR-101 terá 42 radares e quatro praças de pedágio entre Palhoça e Passo de Torres


A CCR ViaCosteira iniciou a implantação das estruturas (suporte) que irão compor os 42 controladores de velocidade ao longo da BR-101 Sul/SC. Os equipamentos, que ainda não têm data definida para entrar em funcionamento, irão auxiliar na fiscalização de velocidade em pontos estratégicos da rodovia e as autuações serão processadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A CCR ViaCosteira ficará responsável pela instalação, manutenção e operação dos controladores, atendendo a uma determinação prevista em contrato de concessão, além de ser mais um recurso importante para contribuir na segurança do usuário que utiliza a rodovia.

A Concessionária informa que esta primeira etapa de implantação ainda deve levar cerca de 30 dias. A previsão é de que até o final deste ano, todos os equipamentos devem estar operando completamente. Porém, a CCR ViaCosteira reforça que fará ampla divulgação prévia por meio de seus canais oficiais, de maneira a informar a todos os usuários da BR-101 Sul/SC.

Concessionária ressalta ainda a importância de manter a rodovia segura e lembra que a velocidade máxima permitida para veículos de passeio, estabelecida em 110km/h, e para comerciais de 90km/h, não será alterada.

No mesmo trecho há quatro praças de pedágio: Laguna, Tubarão, Araranguá e São João do Sul. Em cada um, nos dois sentidos da rodovia, o usuário pagará R$ 2,10 neste primeiro momento (veículos de passeio).


CCR ViaCosteira

A CCR ViaCosteira é responsável pela administração de 220,4 quilômetros da BR 101, no Sul do estado de Santa Catarina, região de grande importância agroindustrial e turística por contar com algumas das mais belas praias do Brasil. A concessão passa por 19 municípios, entre Palhoça e Passo de Torres, na divisa com o Rio Grande do Sul. A ViaCosteira responde, ainda, pela operação da Ponte Anita Garibaldi, em Laguna, e pelos Túneis Morro do Agudo, em Paulo Lopes, e Morro do Formigão, em Tubarão.

LogomarcaMin2cm.jpg