Barreiras de contenção romperam e lama invade ruas do Bairro Monte Alegre, em Camboriú

Informação oficial da prefeitura de Camboriú:


A prefeitura de Camboriú, por meio da Fundação do Meio Ambiente de Camboriú (Fucam), notificou e embargou um loteamento na Marginal Oeste, na Várzea do Ranchinho, na manhã desta quarta-feira, dia 30. A empresa está trabalhando no preparo da área com cortes, aterros e taludes. Por causa das fortes chuvas dos últimos dias uma quantidade enorme de lama desceu e invadiu várias ruas do Monte Alegre, como a Monte Agulhas Negras, Monte Pitangueiras, Monte Cruzeiro, Monte Branco e outras.

Os fiscais da Fucam foram até o local e solicitaram na notificação a regularização de toda a estrutura de contenção e seja solucionado o problema de drenagem nas vias afetadas. “Romperam as estruturas de contenção do loteamento e toda lama desceu para às ruas. As atividades da empresa estão suspensas até que toda a situação seja regularizada”, explica a presidente da Fucam, Liara Rota Padilha.


De acordo com o secretário de Obras, Juscelino Kazmierczak, o sistema de drenagem dessas ruas ficou bastante comprometido. A Secretaria de Obras trabalha no local desde terça-feira, com homens e máquinas limpando a lama das vias. Depois da notificação, os responsáveis pela empresa enviaram equipes para fazer a limpeza e caminhão hidro jato para desobstruir as bocas de lobo.


===


Interessante observar, por pertinente: ninguém fiscaliza o andamento das obras? Só se percebe a irregularidade quando acontece um problema? Porque depois a solução para destravar a bobeira é com custo para o contribuinte, como neste caso.

LogomarcaMin2cm.jpg