Balneário Camboriú: 15 novos casos, mais uma morte e 70% de ocupação da UTI-Covid

Nesta quinta-feira (07), Balneário Camboriú registrou 15 novos casos confirmados de Coronavírus. O município chega a 24.948 casos, sendo que 24.246 destes (97,1%) já estão recuperados e receberam alta da Vigilância Epidemiológica Municipal. Permanecem em tratamento 287 pacientes, sendo 249 tratamentos em domicílio e 38 internados.


O município registrou uma morte por Covid-19 hoje no sistema da Vigilância Epidemiológica. Com isso, sobe para 415 o número de óbitos por Covid-19 em Balneário Camboriú.


- Óbitos:


* Mulher de 63 anos, com comorbidades, no Hospital da Unimed, no dia 06/10/2021.


INTERNAÇÕES NO CENTRO MUNICIPAL COVID


UTI COVID: 17 pacientes (sete de Balneário Camboriú, dois de Camboriú, quatro de Itapema, um de Itajaí, dois de Porto Belo e um de Navegantes). Taxa de ocupação da UTI: 70%


CLÍNICA COVID: 12 pacientes (quatro de Balneário Camboriú, três de Camboriú, um de Ilhota, um de Maringá, um de Porto Belo, um de Itajaí e um de Itapema).


Até esta quinta-feira (07), Balneário Camboriú já aplicou 188.106 doses da vacina contra Covid-19. Destes, 109.484 são da primeira dose, 70.207 são da segunda dose, 4.800 são da dose única e 3.615 são dose de reforço.


O telefone (47) 3261-6243 está disponível para tirar dúvidas a respeito da vacinação, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.


Vacinação

Nesta sexta-feira (08), Balneário Camboriú vacina somente segunda dose e reforço contra Covid-19 - a primeira dose está suspensa no município para adolescentes e adultos, devido ao baixo quantitativo de doses.


A imunização ocorre, das 8h às 17h, na Unidade Básica de Saúde Central (Rua 1.500) e no drive-thru (colégio Ivo Silveira). Nas demais unidades ocorre das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. No drive-thru do Balneário Shopping ocorre das 12h às 17h.


O reforço da vacina contra Covid-19 está sendo aplicado em idosos com 70 anos ou mais que completaram seis meses da segunda dose, em imunossuprimidos com 18 anos ou mais que completaram 28 dias da segunda dose e em profissionais da saúde com 18 anos ou mais que completaram seis meses da segunda dose. É preciso apresentar documento com foto e carteira de vacinação. No caso dos imunossuprimidos, é preciso apresentar também comprovante de condição médica. No caso dos profissionais, é preciso apresentar comprovante de vínculo empregatício.


A primeira dose contra Covid-19 em adolescentes e adultos retornará assim que o município receber novas doses. A chegada de vacinas será informada pela Prefeitura a população.

LogomarcaMin2cm.jpg