• Aderbal Machado

Balneário Camboriú é a primeira cidade do Brasil em Meio Ambiente

Atualizado: Set 3

O prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, participou nesta quarta-feira (01), em São Paulo, da abertura oficial do Connected Smart Cities 2021, onde foi apresentado o resultado de estudo em que Balneário Camboriú ficou no topo da lista entre as cidades brasileiras no eixo de Meio Ambiente.


A cidade também foi destaque em Governança, sendo a segunda cidade do país neste eixo que leva em conta transparência governamental, índice Firjan e investimento por habitante em saúde, educação, urbanismo e segurança. O estudo sobre o desenvolvimento das cidades inteligentes é promovido pela Empresa de Consultoria Urban Systems.

Na sequência do evento, o prefeito participou de uma mesa redonda sobre a importância dos indicadores para o desenvolvimento de cidades inteligentes, moderada pelo CEO da Necta, Paulo Faria, e o responsável por soluções e-city, Enel X, Carlos Eduardo Cardoso.


“Balneário Camboriú se destaca desde 2018 neste estudo que posiciona as cidades em relação ao trabalho desenvolvido em vários setores da administração pública. Sermos a cidade número um em Meio Ambiente premia todo um esforço feito em saneamento, com 98,5% de rede de esgoto já instalada e caminhando para os 100% até o ano que vem, em fiscalização de ligações irregulares, na limpeza de nossos rios, aumento expressivo da coleta seletiva, enfim, com uma política pública voltada para este setor vital. O resultado está aí. Isso chama a atenção do Brasil para a nossa cidade porque valoriza um dos nossos principais motores econômicos, que é o Turismo”, disse o prefeito Fabrício Oliveira.


(VÍDEO INSTITUCIONAL)

Em 2018, Balneário Camboriú foi destaque no estudo daquele ano, ocupando a segunda posição no eixo ambiental, que mede o saneamento e o tratamento de resíduos, além de preservação de águas e encostas.


Também em Governança Balneário Camboriú já foi destaque nacional em 2019 e 2020. Agora o reconhecimento do trabalho feito na cidade dentro deste eixo se consolida. O estudo completo do Connected Smart Cities 2021 foi publicado no jornal Estado de São Paulo em caderno especial.

(Institucional)

LogomarcaMin2cm.jpg