As variações de nossa balneabilidade, com avanços e recuos nas medições, segundo o IMA


Nas 12 análises de balneabilidade das praias de Balneário Camboriú, apenas duas foram consideradas próprias na plenitude: Estaleiro e Estaleirinho. Só um dos pontos analisados foi considerado totalmente impróprio: a Lagoa de Taquaras. Mesmo assim, com índices discrepantes de presença de coliformes por 100 ml entre uma análise e outra: o máximo de 24.196 em 4 de janeiro e 01 de março a dez (10) em 15 de fevereiro, passando por índices variados de 2.000, 3.000, 5.000, 7.000, 10.000.


O Pontal Norte variou índices: em sete análises foi considerado próprio e em cinco foi considerado impróprio. Os dois piores momentos: 25 de janeiro (5.172) e 01 de março (3.448). Os índices ficaram em dois dígitos em cinco momentos e em três dígitos em cinco outros.


CONFIRA O RELATÓRIO PONTO POR PONTO AQUI

LogomarcaMin2cm.jpg