• Aderbal Machado

Acusado de feminicídio em Itajaí está preso, foi interrogado e se reservou ficar em silêncio

Repercute fortemente a prisão de Leonardo Trainotti, de 28 anos,

suspeito de assassinar Indira Mihara Felsky Krieger, de 35 anos, servidora do Poder Judiciário.


Ela foi encontrada morta em seu apartamento na noite de sábado (08), no bairro Fazenda, em Itajaí.

O laudo pericial preliminar indica que a morte foi por asfixia. A partir do momento em que a vítima foi encontrada por familiares já sem vida em sua residência, a Polícia Civil iniciou as diligências visando a localização e captura do suspeito, bem como do veículo e da motocicleta, ambos da vítima, que foram subtraídos.

O veículo da vítima foi localizado no início da tarde de domingo (09), em um motel em Balneário Camboriú, sendo que o telefone celular dela, igualmente subtraído, foi encontrado em um outro motel em Itajaí.

O suspeito do crime teve sua prisão decretada a pedido da Polícia Civil e se apresentou na madrugada desta segunda-feira (10), na Central de Plantão Policial de Balneário Camboriú. O homem já possuía histórico de violência doméstica e possui passagem pelo sistema prisional. Ele foi interrogado na tarde desta segunda-feira e se reservou ao direito de permanecer em silêncio.

LogomarcaMin2cm.jpg