• Aderbal Machado

Abordagem social recolhe e encaminha 89 pessoas em situação de rua em Balneário Camboriú

A Abordagem Social, a Secretaria de Saúde e a Guarda Municipal, promoveu ação de acolhimento de pessoas em situação de rua. A operação aconteceu nos bairros das Nações, Estados e no centro da cidade. Situações já mapeadas pela equipe, ou identificadas a partir de denúncias pelo telefone 156.


As pessoas abordadas (89) foram encaminhadas ao Centro de Convivência na Rua Itália, onde passaram por acolhimento médico e psicológico, receberam uma refeição e assistiram uma palestra sobre os malefícios da dependência química, com o secretário de Segurança, Antônio Gabriel Castanheira. Dessas, 27 foram internadas em clínica de reabilitação e 30 retornaram para suas casas.


Balanço 2022


De janeiro a março deste ano, 100 pessoas já foram internadas em centros terapêuticos e 300 ganharam passagens rodoviárias para cidade de origem.


A Abordagem Social, programa da Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, faz acolhimento de pessoas em vulnerabilidade em todos os bairros da cidade, 24 horas por dia, e atende no WhatsApp (47) 98839-7075 ou no telefone (47) 3267-7156. É possível solicitar abrigo na Casa de Passagem, localizada na BR-101, km 130 – Bairro Várzea do Ranchinho, ou na sede da Secretaria na Rua Rua Itália, nº 1059.


UMA BOA RECOMENDAÇÃO, também, seria entrar em contato com as autoridades da cidade de origem, para cobrar o atendimento por lá. Pois muitas dessas cidades não só os abandonam, como estimulam sua ida para outras cidades. Já houve casos de as autoridades encherem veiculos com essas pessoas e as "despejarem", literalmente, no limite de cidades, principalmente da orla.

Essas operações, se feitas todas as semanas, sempre vai encontrar um quadro semelhante. Pois muitas dessas pessoas mandadas de volta às suas cidades, retornam.

LogomarcaMin2cm.jpg