• Aderbal Machado

A queixa de vereador é que Itajaí recebe menos vacinas que municípios menores do Estado

Apesar de ser o sexto município mais populoso de Santa Catarina, Itajaí tem recebido menos doses de vacina contra a covid-19 do que cidades com menos habitantes. Por isso, o vereador Thiago Morastoni (MDB) protocolou um requerimento dirigido à governadora Daniela Reinehr solicitando readequação na distribuição de imunizante aos municípios catarinenses.

“A desigualdade apresentada até este momento tem prejudicado Itajaí no combate à pandemia. Nossa população é 51% maior que a de Balneário e ainda assim recebemos quase 1,5 mil doses a menos que a cidade vizinha”, reclama.


Conforme dados do Ministério da Saúde, até o dia 22 de abril Itajaí recebeu 43.970 doses de vacina, entre primeira e segunda aplicação. Criciúma já recebeu 48.040 doses, número 9,2% maior, embora Itajaí tenha cerca de 219 mil habitantes e Criciúma tenha cerca de 215 mil habitantes.


Mas a disparidade não pára por aí e é ainda mais gritante quando o comparativo é com Balneário Camboriú, que não está entre as 10 cidades mais populosas do Estado. Segundo Morastoni, na sua queixa, Balneário tem população estimada em pouco mais de 145 mil pessoas e recebeu, até a mesma data, 45.385 doses de vacina. Quase 1,5 mil doses a mais que Itajaí, com cerca de 74 mil habitantes a mais.


“Somos, além de uma cidade mais populosa que as mencionadas, referência no atendimento em saúde para toda a região. Tais características devem ser levadas em consideração pelo governo estadual para a distribuição das vacinas”, finaliza Thiago Morastoni.

LogomarcaMin2cm.jpg
3420-05-WEBBANNER-PORTAL-ADERBAL-MACHADO