• Aderbal Machado

A luta pela melhoria de condições das rodovias federais em Santa Catarina, BR-101 à frente


Uma pessoa morre a cada dia nas rodovias federais de Santa Catarina.


Algumas propostas de curto prazo desenvolvidas através de um estudo técnico da FIESC sobre as condições da BR-101 (imagens anexas).

























































Nos últimos dois anos foram registrados diariamente uma média de 21 acidentes, com 25 feridos.


Além da insegurança, a lentidão nas estradas federais está travando a economia e afetando a vida de quem vive ou passa pelo estado.


O movimento SC NÃO PODE PARAR foi lançado em julho pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) e pelo Grupo ND. Estudos comprovaram a necessidade urgente da conclusão das duplicações das BRs 280 e 470, restauração da BR-163, ampliação da capacidade de tráfego da BR-101, além de conservação e manutenção preventiva em todas as rodovias federais catarinenses.


VEJA AQUI A AGENDA COMPLETA SOBRE AS RODOVIAS DE SANTA CATARINA:

agenda rodovias Fiesc
.pdf
Download PDF • 12.06MB





LogomarcaMin2cm.jpg